Conto Real – Minha Vida de Chifradeira – Parte 5

Logo que tive outra oportunidade de ficar sozinha com o Renato questionei-o:

-Quer dizer que já pegou a Su??? Seu sem vergonha!!! E quer ver ela pelada pra contar quem você comeu???

– E dai, ta com ciúmes?? Me quer só pra você é??

– Não né… mas você podia ter me falado.

– Não te devo satisfação baixinha… quando a gente vai se ver sem correria hem?? Quero beijar essa boca gostosa de novo.

Era tudo que eu queria ouvir, queria sentir aquelas mãos grandes e fortes no meu corpo de novo e estava ainda mais atiçada pelo que a Su contou.

– Tem que ser longe de casa, me encontra na rua de cima as 7? – Ele emendou…

– Tá bom seu safado

Nos encontramos em um parque aqui perto que tem uns lugares escuros perto de onde o pessoal faz caminhada e podíamos nos amassar ali sem sermos vistos.

Mal parei na frente dele, pequenina perto daquele garoto alto e cada vez mais forte por conta de academia e ele me pegou de jeito. Me encostou numa árvore me beijou com vontade me abraçando bem forte e passando a mãos por todo o meu corpo. Era impressionante como ele me deixava louca.

Sem pensar botei a mão no volume da calça dele e senti aquela coisa enorme. Era inacreditável. Minha mão não fechava ao redor daquela marca enorme de pau de macho.

Ele tirou a mão na hora: – Que putinha safada!! Quer pegar no meu pau é??

Vai ter que merecer! Levanta essa saia e empina essa bunda…

-Você tá louco! Estamos num lugar público.

– Sem problema Ju… não precisa. Nada de pegar no meu pau então. – Falou isso apertando aquela coisa mostrando a marca daquele volume.

– Ah seu safado!! Tá bom… só um pouquinho.

E ali estava eu no parque perto da minha casa, cumprindo as ordens daquele macho dominador, levantando a saia e mostrando minha bunda pra ele, morrendo de medo de alguém ver. Tudo isso pra poder ter o direito de tocar aquele pau enorme de macho alfa.

-Agora da uma voltinha deixa eu ver…

Óbvio que obedeci e quando me virei de novo pra ele quase desmaiei de susto e tesao… ele tinha tirado o pau pra fora….

Encharquei imediatamente e me sentia cada vez mais safada e cruel com meu namorado.

-É maior que o de “Ninho”? Hahhaa

-Não fala do meu namorado!!!

-Hahha não fala do meu namorado mas tá aqui com a bundinha empinada e boquiaberta com meu pau né??

-Afff tu eh um folgado!!

-Vai pegar nele logo ou posso guardar? Tenho certeza que a Su vai querer…

Eu botei a mão naquele pau ENORME e grosso e foi a primeira vez que senti um pau que não o do meu namorado.

E era só o primeiro de muitos…..

Continua….

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×
×

Carrinho