B e J. do Rio de Janeiro!!

De B, noivo da J. do Rio de Janeiro:

“Ju, eu te amo!!! Graças a você virei corno, depois de anos sonhando com isso!!!! Tenho 25 anos e minha noiva 23. Estamos noivos há 1 ano, e juntos há 4!! Ela sempre foi safadinha, mas apenas entre quatro paredes. No mais ela é bem comportada e recatada.

Sempre tive a fantasia de ser um corninho beta, mas tinha receio de me abrir pra ela. Depois de ler seu livro, escolhi o plano que achei que ia funcionar melhor: a forma indireta, sem insistir. Pensei na dança ou algum esporte, mas acabei escolhendo vôlei de praia porque tem aqui muito perto de onde moramos e ela já tinha jogado vôlei sério na escola.

Conversei bastante com ela sobre a possibilidade de fazer um esporte e ela acabou aceitando!! Fomo juntos pras aulas de vôlei. Apesar de eu ser alto eu sou bem descoordenado e até hoje faço aula de iniciante. Ela, no entanto, é uma atleta nata e já foi convidada pra jogar no time da escolinha de vôlei, que tem que ter dois homens e duas mulheres.

No primeiro fim-de-semana que fomos pra jogos tinha um monte de homens sarados, jogadores mais experientes, altos e fortes. Logo ela caiu num time que tinha dois caras super sarados e desde o início já dava pra ver que ele estava interessado na minha namorada!!

Conversei sobre o assunto com ela, que acabou soltando que achou ele uma “delicinha”. Quase morri de tesão, ela nunca falava essas coisas. Voltando pra casa ela disse que ele tinha perguntado se ela tem namorado. Vi que ela parecia tentada. Então resolvi falar que se ela quisesse eu permitia. Ela disse: – Como assim? Vc aceita ser corno? Olha que eu vou hem. Eu tomei coragem e respondi: – Não tinha pensado nessa palavra, mas sim, aceito. – Tá bem, vou pensar.

Procurei evitar tocar no assunto durante a semana pra não estragar e no fim-de-semana seguinte ele jogaram no mesmo time de novo, visivelmente flertando muito. Ele a convidou pro churrasco da escolinha de vôlei depois dos jogos e eu falei que ela podia ir, mas inventei que não estava me sentindo bem pra deixá-la sozinha com ele.

Claro que em casa só me acabei na punheta esperando pelo pior (ou melhor) e mais tarde chegou uma mensagem da J. “amor, ele é policial, to afim dele, vai rolar”. Meu primeiro chifre foi nessa noite mesmo. Ele a pegou na praia mesmo, mais tarde, depois do churrasco.

Ela se transformou um pouco, ficou mais distante e me tratava com menos respeito, me dando ordens e tudo mais. Ela estava me percebendo como beta. Ele a comeu duas vezes em sua casa, mas depois eu falei pra ela que queria ver. Ela disse que ia pedir permissão pra ele porque o policial é dominador e ele falou que tudo bem.

Então ele veio na nossa casa. Antes de chegar ele deu umas ordens pra ela por SMS: Me espera só de calcinha. Ele chegou e já foi falando: “E ai, sócio, tudo bem? Valeu por compartilhar”. Ele sabia controlar a situação. Ele comeu minha noiva primeiro só me deixando escutar, mas depois ele me deixou ver sentado no quarto. Ele tinha um fôlego muito maior que o meu e a J. gritava no pau dele, também bem maior que o meu.

Ele passou aqui algumas vezes depois do expediente, chegando fardado e comendo minha noiva enquanto eu via e ontem à noite pra aumentar a humilhação ele me mandou tirar as botas dele. Nunca me senti tão humilhado!! A J. só ria da situação. Ele está começando a gostar de me humilhar.

Não sei onde isso vai dar mas estou adorando!! Seu livro é sensacional! Obrigado por tudo e tenho certeza que está ajudando muitos cornos Brasil afora.

B. (noivo da J.)

Em cima sou eu e  J.

Embaixo, ela com o policial.

25487147_10159728084295191_5256283828234113074_o17038660_10212138092077311_3813185039404943749_o

 

Este post tem 5 comentários

  1. Sensacional a narrativa, que coisa gostosa. Parabéns ao amigo corno você é um felizardo, e mais, ela é linda e o comedor também é TOP!! O livro da JU é espetacular, também li e sou corno há tres anos.

  2. Sensacional! Adorei o jwitao dele, mandar o corno tirar as botas. Por mais contos e relatos assim.

  3. Otimo relato, conte mais sobre como esta a situação agora

  4. Muito bom gostei mesmo amigo corno manso ..não tem prazer maior de ser corno manso ..ju vc e muito linda qualquer homem homem iria amar ser seu corno manso ..

  5. Meus parabéns amigo.sou corno manso da minha esposa a 14 anos. e somos casados a 16.
    Espero que vcs Sejam tão feliz quanto nós.
    Abraços!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×
×

Carrinho